0

Importância do Advogado Previdenciário na fase administrativa da aposentadoria

Muitas dúvidas podem surgir durante o período de requisição da aposentadoria. Há inúmeras modalidades e procedimentos que devem ser seguidos com rigor.

 

Embora você possa dar entrada no pedido de aposentadoria sem a necessidade do auxílio de um advogado, saiba que provavelmente irá perder algumas centenas de reais. Caso você não forneça as informações corretas ao INSS, poderá perder parte dos seus benefícios.

Continue lendo este artigo e compreenda como um advogado pode ajudá-lo(a).

Cálculo correto da renda mensal

A maioria dos brasileiros não sabem como calcular a renda mensal que será paga pelo INSS. E embora este seja um cálculo padrão, é preciso de orientação para identificar possíveis erros que possam surgir.

 

O cálculo leva em consideração 80% da média dos maiores salários, multiplicado pelo fator previdenciário.

Se alguém desqualificado realizar o cálculo, há grandes chances de você receber um valor muito abaixo do que realmente teria direito.

 

Além do prejuízo financeiro, você terá mais dificuldades em reaver o valor correto.

Como o advogado previdenciário pode auxiliá-lo(a)?

Análise e orientações antes do pedido do benefício

Antes de dar entrada no pedido de aposentadoria, o advogado irá avaliar se todos os requisitos foram preenchidos, quais os valores que serão pagos, assim você não terá nenhuma surpresa desagradável.

 

A grande vantagem de não realizar o pedido de aposentadoria por conta própria, é que todos os problemas que surgirem serão resolvidos pelo próprio advogado.

Agilidade no pedido de aposentadoria

Quando uma pessoa comum entra com um pedido de requisição da aposentadoria, pode demorar de 5 a 6 meses para ser analisada. Porém, quando você decide contratar um advogado, este cenário muda completamente.

 

Como o advogado previdenciário conhece todos os processos e exigências do INSS, ele conseguirá obter o benefício rapidamente.

Mais segurança durante o processo

O advogado previdenciário acompanhará todo o processo de obtenção do benefício. Caso ocorra alguma divergência no valor, ele entrará com um pedido de correção imediatamente e tomará todas as medidas necessários para que você não seja lesado.

 

Quem opta por dar entrada por conta própria, corre o risco de receber um valor menor e pela falta de conhecimento dos processos, talvez não conseguirá dar entrada em uma ação judicial.

Como agir caso o pedido seja negado?

Caso você tenha o auxílio de um advogado experiente, certamente não terá que passar por esta situação.

 

O pedido pode ser negado, caso os documentos estejam incorretos ou você não tenha feito a quantidade necessária de contribuições.

Processo Administrativo

Caso ocorra algum problema administrativo, o prazo pode levar até 9 meses. O processo administrativo consiste em:

 

  • Agendamento no INSS: prazo de 60 dias;
  • Exigência de documentos do INSS: prazo de 30 dias;
  • Conclusão do INSS: prazo de 6 meses.


O processo pode demorar ainda mais, caso o próprio INSS decida entrar com um recurso contra o seu pedido de aposentadoria. Neste caso os prazos são:

 

  • Recurso no INSS: prazo de 60 dias;
  • Envio de cópia do processo do INSS para que o advogado possa dar entrada na ação: prazo de 60 dias.

Procedimentos caso ocorra o Processo Judicial

Em alguns casos o pedido pode ser negado, então a opção será o processo judicial. De forma clara, o processo e seus respectivos prazos são:

 

  • Elaborar a petição para dar entrada no processo: prazo de 20 dias;
  • Citação do INSS: prazo de 60 dias;
  • Contestação do INSS: prazo de 120 dias;
  • Direito de réplica do advogado: prazo de 20 dias;
  • Realização da perícia ou audiência, caso necessário: prazo de 30 a 180 dias;
  • Impugnação da perícia, caso seja exigida: prazo de 30 dias;
  • Depoimento de testemunhas: prazo de 90 dias;
  • Período para as razões finais: prazo de 45 dias;
  • Período para a sentença: prazo de 2 a 5 meses.

 

Como você pode ver, são tantos processos, que mesmo com o auxílio de um profissional o processo pode durar entre 10 meses a 2 anos.

Como acelerar o processo de aposentadoria?

Para agilizar o processo, nós da Corrêa Advogados, executamos um planejamento completo da sua aposentadoria, assim iremos avaliar quais são os seus direitos e deveres para que não ocorra nenhum problema durante o processo.


Após levantarmos todas as informações necessárias, iremos elaborar um plano de ação para que não ocorra nenhum empecilho. No entanto, caso surja algum, saberemos como contornar.
Obviamente o nosso objetivo é buscar acelerar o processo para que o cliente possa receber todos os benefícios, o mais rápido possível. Isso demonstra aos nossos clientes que o caso deles está em boas mãos.

Como iniciar o processo de aposentadoria?

Agora que você entende a importância de um advogado previdenciário, não terá dificuldades para obter seus benefícios.

 

Precisa de assistência para dar entrada na sua aposentadoria? Então entre em contato conosco e não perca mais tempo! Quanto antes der início ao processo, mais cedo você obterá o benefício.